Exposição reúne mais de 1.300 brinquedos artesanais do nordeste na Caixa Cultural


Depois de passar por Salvador​, Curitiba, São Paulo, Brasília e Fortaleza, onde atraiu mais de 100 mil visitantes, a exposição Brinquedos à Mão – Coleção Sálua Chequer, chega à CAIXA Cultural Rio de Janeiro. O acervo de mais de 1.300 objetos utilizados pela infância de antigamente e ainda muito presentes nas comunidades interioranas do Nordeste brasileiro, reunido pela pesquisadora de cultura popular baiana e curadora Sálua Chequer, ficará aberto à visitação de 18 de dezembro de 2016 a 19 de fevereiro de 2017. O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal.


Pouco conhecidos das crianças dos grandes centros urbanos de hoje, os brinquedos foram feitos à mão por artesãos que transformam barro, pedaços de pau e de pano, latas de óleo e caixas de papelão em objetos capazes de despertar emoções e fantasias, estimulando a criatividade e a afetividade.
As crianças que forem à exposição poderão saciar a vontade de brincar no espaço chamado de Cantinho do Brincar, com objetos lúdicos como cinco marias, pula corda, bolinhas de gude e piões, entre outros. “Em cada lugar que passei com a exposição tive a possibilidade de ver reações e depoimentos surpreendentes de adultos e crianças e estou nessa expectativa com relação ao Rio por ser um grande centro cultural, uma outra região, geograficamente falando, e um outro público. Mas criança é criança em qualquer lugar do mundo e o encantamento existe onde ela estiver”, afirma Sálua, que virá pela primeira vez à cidade.
Serviço:
Exposição Brinquedos à Mão – Coleção Sálua ChequerEntrada Franca
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Galeria 3
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Informações: (21) 3980-3815
Abertura: 17 de dezembro de 2016 (sábado), às 17h
Visitação: de 18 de dezembro de 2016 a 19 de fevereiro de 2017
Horário: terça-feira a domingo, das 10h às 21h
Classificação etária: Livre
Acesso para pessoas com deficiência

Kit Festas 1

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.